Conceito CuratoriaL

“Um festival é uma lupa sobre o hoje!” (Jorge Vermelho)
Quando nos foi soprada a ideia de um Festival de Solos vínhamos todos nós, coordenadores deste Festival, de produções solísticas. Compreendíamos que não estávamos sós em nosso fazer, em nosso discurso, embora somente um Corpo-Voz no palco. E, neste sentido, um Festival de Artes Cênicas mobiliza e viabiliza um encontro de Potências, de efetivação discursiva no mundo.

Existir hoje é revisitar o que fomos para construir o que seremos, reexistir. Assim se dá a cultura: preparar o solo, semear, colher! Mas aí vem as intempéries! E também as adaptações, voltar ao solo, continuar a luta. Labuta. Resistir!

O distanciamento social obrigatório fechou a porta da presença física. Por outro lado, abriu as janelas da convivência virtual, ampliou a nossa percepção, nos fez pensar e repensar nosso próprio fazer artístico; nos impulsionou num mergulho íntimo com a tecnologia, fez com que nos adaptássemos aos formatos audiovisuais ou híbridos. Mas sempre estivemos atentos, fortalecendo os elos e potencializando nosso ofício.

É neste contexto que realizaremos o Festival Solos de Teatro da Bahia 2021 – Edição Online, mobilizando o pensamento-ação sobre o fazer artístico, fomentando a Economia Criativa e a cadeia produtiva da Cultura, democratizando a produção, o acesso e a fruição aos bens e valores artísticos e culturais.

Pretendemos, neste ANO I, Encontrar/Descobrir 10 espetáculos solo que representam a multiplicidade de olhares sobre o fazer teatral no mundo Presente, valorizando as diferentes manifestações culturais dos diversos macroterritórios da Bahia; Revelar 10 acontecimentos teatrais que apresentem maneiras de perceber as possibilidades para seguir em busca de um desejoso Futuro; Abraçar 10 solos teatrais de extrema potência, que oportunize a todos os envolvidos, artistas e internautas/Video-espectadores, um diálogo relacional com o nosso Tempo. Que seja um manifesto vívido de Resistência e Ressignificação.

Encantemo-nos!

São 10 SoloS
baianos no Festival

CoordenaçãO

Antonio Fábio

Antonio Fábio

Bacharel em Interpretação e Direção Teatral. Também, Especialista em Linguagens Artísticas e Educação. Após anos de atividade profissional em Brasília, DF, onde criou o grupo Ovo Teatro e Afins, mudou-se para Salvador em 2017 onde desenvolve seu ofício sendo ator, diretor teatral, produtor e professor de interpretação. Na capital baiana participa da cena artística e cultural. É diretor artístico/coordenador do Ovo Teatro e Audiovisual.

Israel Barretto

Israel Barretto

Formado em Educação Física pela Universidade Católica do Salvador, iniciou seus trabalhos artísticos com o grupo de teatro da diretora Clécia Queiroz. Participou de diversos cursos, oficinas e montagens de espetáculos com nomes como Márcio Meireles, Hebe Alves, Luiz Antônio Sena Jr, Felipe Assis, dentre outros. Por seu espetáculo solo O avô e o rio recebeu a indicação de Melhor Ator no Prêmio Braskem de Teatro 2019.

Marcos Lopes

Marcos Lopes

Marcos Lopes é ator, palhaço, circense, produtor e artista de rua. Em sua pesquisa estão as linguagens da música, do circo, das danças populares, da literatura de cordel e do teatro. Estuda Interpretação Teatral na Universidade Federal da Bahia e é integrante o grupo de teatro Coletivo Duo. Seu trabalho solo infanto-juvenil O barão nas árvores foi indicado ao Prêmio Braskem de Teatro 2018 nas categorias Melhor Ator e Melhor Espetáculo Infanto-juvenil.

Saulus Castro

Saulus Castro

Ator, Encenador, Produtor e engenheiro de divagações, concebeu e dirigiu espetáculos pelo Coletivo Duo e com outros artistas e grupos. Compartilha aprendizados em oficinas e aulas de Teatro. Compõe o Colectivo Latinoamericano Âmbar e tem incursões em Cinema.

Ficha TécnicA

 

Coordenação Geral: Antonio Fábio, Israel Barreto, Marcos Lopes e Saulus Castro

Coordenação de Comunicação: Antonio Fábio

Coordenação Financeira: Israel Barreto

Coordenação de Receptivo: Saulus Castro

Coordenação Logística Web: Marcos Lopes

Mediadora Cultural: Eddy Veríssimo

Curadoria: Israel Barreto, Marcos Lopes e Saulus Castro

Designer: Guto Assunção

Web Designer: Guto Assunção e Eugênio Santos

Assessoria de Imprensa: Antonio Fábio

Gestão de Mídias Sociais: Leidiane Almeida

Vídeo Teaser: Saturnema Filmes

Tema Musical: Luciano Salvador Bahia

Assessoria Contábil: João Marcelo

Assessoria Jurídica: Igor Pitangueiras

Realização: Coletivo Duo / Ovo Teatro e Audiovisual

Fale com a GentE

Realização:

Apoio Financeiro:

SoloS – Festival de Teatro da Bahia • Ano 1 • Edição Online • 2021